Homepage . Grupo Óleos Floresta . Óleo Essencial de Pinho
Contactos

Óleo Essencial de Pinho

Óleo Essencial de Pinho
Pedido de informações

Código: Óleo Pinho

0,00

Detalhes do produto

PREÇOS COM IVA INCLUIDO 1 LITRO
 
Óleo essencial de Pinho 
 
 
(Especificações técnicas e utilizações documentadas)
 
 
Aspecto: Líquido viscoso    
Cor: Incolor      
Odor: Pinho, adocicado.
Constituintes representativos: Alfa e beta pinenos, canfeno, careno, mirceno, limoneno, felandreno, cimeno, terpinoleno, cariofileno.  
Utilizações comuns: É um dos óleos com aplicações mais versáteis. São aplicações, a inclusão em detergentes, sabonetes, ambientadores, e perfumes. 
Em formulações de household permite maiores tempos de residência do aroma e propriedades antisépticas em superfícies. 
Pode ser incluído em formulações de colas e solventes ecológicos.   
Em Aromaterapia o óleo essencial de pinho é reconhecido pela sua acção benéfica na redução das condições de tensão física, ansiedade e stress.
Pode ser incorporado em formulações contendo tensioactivos aniónicos e não iniónicos de produtos de limpeza.
São ainda reconhecidos efeitos marcados como agente repelente e nematicida
 
 
 

  

Difusores de Fragrâncias e Aromaterapia
 
 
 
 
A utilização de difusores pode ser muito útil em locais como ginásios, hotéis, piscinas, zonas termais, saunas e spas. Nestes casos recomendam-se difusores e não queimadores de óleos, por razões que se prendem com a não degradação das substâncias termolábeis presentes nos óleos essenciais.  
 
 
 
Combinações de Óleos Essenciais
Os óleos essenciais podem ser combinados para melhorar determinados efeitos como a acção antiséptica em superfícies, permanência de aromas (fixadores), efeito de repelência de insectos, aumento de propriedades de conservação ou produção de fragrâncias individualizadas dos componentes originais. Apresentamos algumas regras de combinação para óleos essenciais de substâncias simples. Dois dos óleos essenciais do Grupo Especialidades são já combinações com fins específicos.
 
 
 
Óleos florais combinam melhor com óleos de especiarias (canela por exemplo).
 
 
 
 
Óleos cítricos (laranja, limão, lima) combinam bem com óleos de plantas orientais.
 
 
 
 
Óleos com notas de menta (hortelã, menta) combinam melhor com óleos cítricos ou herbáceos (mangerona, rosmaninho, jasmim).
 
 
Óleos essenciais derivados de madeiras exóticas ou com notas amadeiradas combinam bem com todas as restantes categorias e podem até intensificar a permanência do aroma final.